fbpx

Como se preparar para o admirável mundo novo

Robert Kiyosaki

Caro Leitor,

Cidadãos em todos os países estão se deparando com um novo mundo diante da pandemia do coronavírus. Você precisa começar a pensar que essa pandemia significa a morte da velha economia.

O sistema educacional, ao não ensinar sobre dinheiro e expandir a inteligência financeira, cria adultos despreparados para este novo mundo. Bilhões de adultos em todo o planeta não têm uma demonstração financeira pessoal, não podem ler a demonstração financeira de uma empresa e não conhecem a condição financeira de seu país. Isso é um colapso na integridade educacional.

Historicamente, quando o fosso entre os ricos e os demais cresce muito, ocorrem revoluções. Essa é a minha preocupação. As revoluções ocorreram na Rússia, Cuba e Venezuela quando a diferença entre ricos e todos os outros ficou muito grande.

O mundo está mudando rapidamente. Os sistemas educacionais não estão. As faculdades continuam ensinando as pessoas a saírem em busca de um emprego bem remunerado. Isso é suicídio financeiro. Lembre-se sempre: um trabalho não é um ativo, dinheiro não é um ativo, assim como uma casa não é um ativo. A economia do trabalhador em seu plano de aposentadoria é apenas uma fonte de recursos para os verdadeiros capitalistas.

Quando os mercados entram em crise, e eles sempre entram, os trabalhadores perdem e os capitalistas vencem.

Hiperinflação

Se os pacotes de estímulo econômico não funcionarem, isso levará à impressão de grandes quantidades de dinheiro, o que, por sua vez, leva à hiperinflação.

Quando a inflação cai, muitos países sofrem hiperinflação, muitas vezes alimentada por uma hiper impressão de dinheiro. A hiperinflação, se acontecer, pode ser tão ruim quanto uma depressão. Isso aconteceu no Zimbábue, onde supostamente são necessários um bilhão de dólares zimbabuanos para se comprar três ovos. Se o impensável acontecer e os Estados Unidos entrarem em hiperinflação, isso significa a morte do dólar americano.

Imprimir dinheiro nunca gerou prosperidade sustentável. Imprimir dinheiro sempre causou pobreza para quem trabalha por dinheiro. O ano de 1971 foi o início da primeira “impressão monetária” global. Hoje, todo o sistema bancário global funciona com dinheiro impresso. Por quanto tempo os EUA e o mundo podem continuar imprimindo dinheiro “de mentira”?

Compreender a relação entre dinheiro de resgate e inflação é um exemplo da importância de se conhecer a história: conhecendo um pouco de história, você pode entender com que rapidez suas economias podem perder valor.

Estou f;!#@ (FMI)

Em 1944, quando a Segunda Guerra Mundial estava prestes a terminar, uma reunião de líderes do sistema bancário internacional foi realizada em um resort em Bretton Woods, em New Hampshire — a Conferência Monetária e Financeira das Nações Unidas. Essa conferência resultou na criação do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial.

Embora a percepção popular seja de que essas duas agências foram criadas para o bem do mundo, elas na verdade resultaram em muitos danos — o principal deles é a disseminação de um sistema monetário fiduciário em todo o mundo.

Essas agências são extensões do Federal Reserve, o banco central americano, e de outros bancos centrais europeus. O FMI e o Banco Mundial exigiram que os bancos do mundo transferissem seu dinheiro para a moeda fiduciária, que é moeda não lastreada em ouro e prata, semelhante à moeda anterior à Segunda Guerra Mundial na Alemanha. Em outras palavras, os Estados Unidos, o FMI e o Banco Mundial começaram a exportar o tipo de sistema monetário da Alemanha, dinheiro de carrinho de mão, para o mundo.

Mas eu chamo o FMI de “Estou f;!#@” porque terá que haver um resgate do FMI. O sistema monetário tem sido tão danificado que um país estrangeiro terá que intervir e dar aos EUA mais dinheiro “de mentira” — direitos de saque especiais (DSE). Um DSE é essencialmente um instrumento de moeda artificial usado pelo FMI e é criado a partir de uma cesta de moedas nacionais.

Portanto, enquanto os EUA continuarem imprimindo dinheiro “de mentira”, estaremos com um grande problema.

Em vez de permitir que essa crise seja uma coisa ruim, use-a como um motivador para algo bom. Ensine a si mesmo e ensine aos outros a pensar por si mesmos, em vez de esperar para saber o que fazer.

Estamos realmente à beira de um admirável novo mundo e de uma nova economia mundial. Esta crise é simplesmente o fim de uma era. É também o nascimento de uma nova era, uma nova economia.

Prepare-se para os momentos difíceis e você só irá passar por bons momentos

Quando eu estava na escola dominical, me contaram uma história sobre um faraó do Egito que teve um sonho perturbador. Em seu sonho, ele viu sete bovinos gordos sendo comidos por sete bovinos magros. Perturbado, ele procurou por uma pessoa que interpretasse seu sonho. Finalmente, ele encontrou um jovem escravo que lhe contou que seu sonho significava que o mundo teria sete anos de abundância seguidos por sete anos de fome. O faraó imediatamente começou a se preparar para um período de fome, e o Egito se tornou uma nação poderosa, alimentando essa parte do mundo.

Receio que minha geração e seus filhos não estejam preparados para o declínio econômico, uma depressão que vejo que está a caminho. Se uma pessoa conhece apenas uma economia em expansão, ela não pode estar preparada para a vida em uma economia em declínio ou hiperinflação.

Depois de ler o livro “Grunch of Giants” (“A Patifaria dos Gigantes”, em tradução livre), de Richard Buckminster Fuller, comecei a me preparar para a crise financeira atual. Hoje, eu e minha esposa, Kim, nossa empresa e nossos investimentos continuamos a prosperar simplesmente porque estamos sempre nos preparando para os maus momentos.

A boa notícia é que estamos entrando em uma nova era da humanidade, uma era de abundância e oportunidade ilimitadas. Os avanços na tecnologia aumentam a inteligência e reduzem o custo dessa inteligência. A tecnologia diminui o risco financeiro, reduz os preços, reduz os salários e abre os mercados mundiais. A boa notícia é: a tecnologia torna mais fácil ser empreendedor.

Este é o melhor momento para aqueles que desejam estudar, aprender rapidamente, trabalhar duro e não se juntar ao coro de pessoas negativas. Aprenda com o passado para ter sucesso no futuro. Esta é a sua hora de ficar rico — se é isso que você deseja.

Abraço,

​Robert Kiyosaki

Conteúdo Publicitário