fbpx

Pague o preço para colher as recompensas

  • O problema é que a busca por segurança sempre irá conduzi-lo a… 
  • Como você pode ter ambos, segurança e liberdade… 
  • “Lembre-se sempre que tudo tem um preço, o qual nem sempre é…”

Caro leitor,

O Pai rico diria: “Pergunte a qualquer pessoa que seja rica, famosa ou bem-sucedida, e eu tenho certeza de que eles responderão que sempre tiveram de enfrentar muitos desafios pelo caminho. Não existe almoço grátis.

Todo mundo enfrenta desafios no caminho do sucesso. Meu desafio foi que, quando comecei, eu não tinha nem dinheiro e nem instrução. Sempre tive uma família para alimentar após a morte do meu pai. Eu tinha treze anos de idade quando enfrentei esse desafio — e haveria de enfrentar muitos outros ainda maiores.

Mesmo assim, paguei o preço e, no final, alcancei minha fortuna. Fazendo uma retrospectiva, o dinheiro foi a minha recompensa.

O preço da segurança

O problema é que a busca direta por segurança sempre irá conduzi-lo a compromissos que o colocarão em uma posição de fraqueza. Por exemplo, uma pessoa pode aceitar um emprego indesejado, mas, bem ou mal, ele paga as contas.

Embora esse tipo de compromisso possa ser necessário em curto prazo, não é uma boa estratégia para uma segurança em longo prazo. Apesar de tudo, todos podem perder o emprego. Se você não controla a fonte da sua segurança, adivinha só?

Não é segurança de verdade, é uma ilusão.

Com o passar dos anos, o pai rico certificou-se de que seu filho Mike e eu sempre estivéssemos cientes do preço de alguma coisa. O Pai pobre me alertaria para encontrar “a segurança de um trabalho estável.” Pai rico me faria recordar: “Lembre-se, há um preço a ser pago pela segurança.”

Quando eu perguntei sobre que preço era aquele, ele respondeu: “Para a maioria das pessoas, o preço da segurança é a liberdade pessoal. E sem liberdade, muitas pessoas passam suas vidas trabalhando por dinheiro, ao invés de viverem seus sonhos. Para mim, viver uma vida sem realizar meus sonhos é um preço muito alto a ser pago pela segurança.”

Ele também falou sobre os impostos, dizendo: “Pessoas que buscam mais a segurança do que liberdade, pagam mais impostos. É por isso que aqueles que têm emprego seguro pagam mais impostos do que os donos das empresas que geram os empregos.”

Passei alguns dias pensando nesse comentário, tentando entender a magnitude desse conceito. Quando vi o pai rico, perguntei: “Eu tenho que escolher entre a segurança e a liberdade? Em outras palavras, significa que eu só posso ter um deles?”

O Pai rico riu quando percebeu o quanto eu havia refletido sobre essa observação. “Não”, respondeu, ainda rindo. “Você não precisa ter só um deles. Pode ter ambos”.

Segurança e liberdade

“Você quer dizer que posso ter ambos, segurança e liberdade?”, perguntei.

“Claro”, ele disse. “Eu tenho ambos.”

“Então, por que você disse que para muitas pessoas o preço da segurança é a liberdade pessoal?”, perguntei. “Como é possível ter os dois se você diz que a maioria das pessoas só podem ter um? Qual é a diferença?”

“O preço”, disse o pai rico. “Sempre disse pra você que tudo tem um preço. Muitas pessoas estão dispostas a pagar o preço da segurança, mas não estão dispostas a pagar o preço da liberdade. É por isso que a maioria só tem um dos dois. Eles só têm um ou outro.”

“E, por que você tem ambos, segurança e liberdade?, Mike perguntou. Ele tinha acabado de entrar na sala e ouviu apenas parte da conversa.

“Porque eu paguei os dois preços”, disse o pai rico. “Eu estava disposto a pagar os dois preços, tanto da liberdade quanto da segurança. É como ter dois carros. Digamos que eu precise de um caminhão, mas também quero um carro sport. Se eu quiser os dois, preciso pagar os dois preços. A maioria das pessoas vivem suas vidas pagando somente um preço ou outro, mas não ambos.”

“Então, há um preço para a segurança, e há um preço para a liberdade”, eu disse; “…e você pagou ambos os preços.” Eu repeti o que o pai rico tinha acabado de dizer, a fim de conseguir introjetar o conceito em minha cabeça.

O pai rico continuou: “E por que alguém busca somente por segurança nunca se sente realmente seguro. Ou por que alguém que busca investimentos de baixo risco nunca se sente seguro investindo; por que alguém que, normalmente, sempre está certo, termina errado. Eles pagam o preço de um lado da equação, mas falham em pagar o valor total. Eles violam uma lei universal.”

Mike comentou: “Por isso é preciso duas pessoas para ter uma briga. E para ser um bom detetive, você também precisa ser um bom trapaceiro. Para diminuir o risco, você precisa correr o risco. Para ser rico, você precisa saber como é ser pobre. Para reconhecer um bom investimento, precisa saber como é um mau investimento.”

E quanto aos riscos?

“É por isso que a maioria das pessoas dizem que investir é um risco”, acrescentei. “Muitas pessoas acham que o retorno do investimento seguro é menor. É por isso que a maioria coloca dinheiro em conta poupança. Eles investem em segurança e estão dispostos a pagar o preço do baixo rendimento do dinheiro, em nome dessa segurança. Mas o dinheiro está sendo engolido pela inflação. E os juros sobre o dinheiro são tributados com altas taxas. Então, a ideia de ‘guardar dinheiro seguro no banco’ não é uma ideia tão segura assim.”

O Pai rico concordou: “Ter dinheiro no banco é melhor do que não ter dinheiro no banco. Mas você está certo em dizer que não é tão seguro quanto eles acham. Há um preço para essa ilusão da segurança.”

Mike virou para seu pai e disse: “Você sempre diz que é possível ter altos rendimentos com investimentos de baixo risco.”

“Sim,” replicou o pai rico. “É relativamente fácil ter segurança e ainda assim conseguir retornos de 20% a 50% sem pagar muitos impostos ou usar muito do seu dinheiro — se você souber o que está fazendo.”

“Então, o que você está nos dizendo agora é: o preço que você pagou foi maior do que um investidor mediano está disposto a pagar?”, disse Mike.

O Pai rico acenou com a cabeça concordando. “Lembre-se sempre que tudo tem um preço, o qual nem sempre é medido em dinheiro.”

​Robert Kiyosaki

Conteúdo Publicitário

Joe Schriefer Recomenda Esse Novo Livro

Eu sou o Publisher da Agora Financial. Recentemente, li um novo livro de copywriting que vai se tornar um clássico instantâneo.

De fato, ele já está com 5 estrelas na Amazon…

E está recebendo ótimos feedbacks tanto dos leitores quanto de algumas das maiores lendas do marketing aqui nos EUA. 

Clique Aqui e Baixe Hoje Sua Cópia Desse Livro em Português.