Por que cortar o cartão de crédito não resolve seus problemas

  • Como começar a expandir seus meios para viver o estilo de vida que desejar…
  • Por que comprar um carro novo se quiser ficar mais rico…
  • Seu objetivo número um deve ser o de conseguir isto o mais rápido possível…

Caro leitor,

Há muitas razões pelas quais eu não ingresso no movimento que diz: “Corte seu cartão de crédito, pague as dívidas e gaste menos do que ganha”.

Não digo essas coisas porque não acho que esse conselho resolva o problema de quem deseja ser rico.

Para pessoas que desejam ter muito dinheiro e aproveitar o estilo de vida que o dinheiro pode oferecer, simplesmente cortar os cartões de crédito e pagar as dívidas não resolve o problema, nem necessariamente deixa as pessoas felizes.

 Com base apenas em princípios financeiros básicos, concordo que cortar o cartão de crédito é um bom conselho para a maioria das pessoas. Mas simplesmente pagar as dívidas não funciona para quem quer ficar rico e aproveitar a vida.

Se uma pessoa quer ficar rica, ela precisa saber como contrair mais o tipo certo de dívida, aprender a respeitar o poder da dívida e aprender a aproveitar o poder da dívida. Se as pessoas não estiverem dispostas a aprender a respeitar e aproveitar o poder da dívida, cortar o cartão de crédito e gastar menos do que ganha é um ótimo conselho.

Qualquer decisão tem um preço relacionado.

Um ótimo carro usado

Um amigo meu visitou minha casa há alguns meses para me mostrar seu carro novo. “Eu fiz um negócio incrível”, disse ele. “Paguei apenas US$ 3.500 por ele, gastei US$ 500 em algumas peças e ele anda muito bem. Eu poderia vendê-lo facilmente por US$ 6.000.” Então ele me disse: “Pode ir. Entre nele. Dê uma volta”.

Não querendo ser rude, fiz o que ele pediu e levei o carro para dirigir pelo bairro. No final do test drive, sorri e disse: “É um ótimo carro”. Mas para mim mesmo eu acrescentei: “Ele precisa de uma pintura, o interior cheira a cigarros velhos e eu não gostaria de ter um carro assim, tão deprimente”.

Pegando as chaves de volta, ele sorriu e disse: “Eu sei que não é tão bonito, mas paguei em dinheiro por ele, então não tenho dívidas”. Enquanto ele partia, uma fumaça espessa saiu do escapamento.

Se você quer ficar mais rico, compre um carro novo

Minha esposa Kim costumava dirigir um lindo Mercedes conversível. Eu tinha um Porsche conversível. Mesmo quando estávamos falidos, tínhamos um Porsche e um Mercedes ou outros carros de luxo. Nós não pagamos em dinheiro. Tomamos dinheiro emprestado para comprá-los. Por quê? Deixe-me explicar com a seguinte história, uma história que frequentemente conto em meus seminários. É uma história sobre dívidas boas e ruins e sobre apreciar as coisas boas da vida.

Em 1995, recebi um telefonema do meu revendedor Porsche local. Ele disse: “O carro de seus sonhos está aqui”. Eu imediatamente dirigi a seu showroom para olhar um Porsche Speedster de 1989. Eu já sabia que apenas 8.000 unidades desse modelo em particular haviam sido fabricadas ao longo de um período de três anos.

Em 1989, os apaixonados por Porsches estavam comprando os modelos, colocando-os em blocos para armazenamento. Se você pudesse encontrar um colecionador que vendesse um, o preço estabelecido era de US$ 100.000 a US$ 120.000 em 1989. Mas em 1995, eu estava olhando para o mais raro de todos os Porsche Speedster de 1989.

Era o Speedster Número 1, o primeiro já produzido desse modelo, e tinha a carroceria turbo da Porsche, o que significa pouco, exceto para um entusiasta da Porsche. Por ser o primeiro produzido, foi o modelo que a fábrica exibiu em todo o mundo em feiras de automóveis e foi o carro usado para a foto na brochura.

O carro também veio com uma placa especial da fábrica da Porsche. Em 1989, após o término da turnê, esse carro também foi acondicionado em blocos e guardado em um depósito. Quando um colecionador decidiu vendê-lo em 1995, o revendedor me ligou. O revendedor sabia que era o carro que eu procurava. O carro podia ser usado, mas tinha apenas 3.860 km rodados.

O carro dos meus sonhos

Minha esposa Kim me viu entrar em um estado hipnótico enquanto eu caminhava rumo ao carro dos meus sonhos. Sentei-me no automóvel, segurei o volante e respirei fundo, cheirando o rico aroma de couro que ainda estava no veículo. O carro estava absolutamente impecável e a cor era perfeita, um tom que a Porsche chama de “linho metálico”.

Kim olhou para mim e perguntou: “Você o quer?” Eu respondi com um aceno de cabeça e um sorriso.

“Então é seu”, disse Kim. “Tudo o que você precisa fazer é encontrar um ativo que pague por isso.”

Mais uma vez, assenti, saí do carro, cheirei os pneus e sorri. Era o carro dos meus sonhos, e era meu. Pagamos uma entrada pelo carro, conseguimos financiamento com o revendedor e saí para encontrar o ativo que pagaria pelo veículo. Em outras palavras, eu iria encontrar um ativo para pagar por meu passivo e usar uma boa dívida para pagar pela dívida ruim.

Um pouco mais de uma semana depois, encontrei uma grande propriedade, pedi dinheiro emprestado para comprá-la e o fluxo de caixa da propriedade pagou a dívida do Porsche.

Alguns anos depois, o Porsche estaria pago e eu ainda teria o fluxo de caixa da propriedade. Em outras palavras, em vez de ficar mais pobre por ter um passivo caro, fiquei mais rico e consegui o carro dos meus sonhos, que ainda hoje permanece comigo. Fizemos o mesmo quando minha esposa encontrou o Mercedes de seus sonhos.

Seu objetivo deve ser sair das dívidas ruins o mais rápido possível, para que você possa começar a contemplar um futuro melhor e pensar como os ricos.

Então, você pode começar a comprar ou construir ativos que gerem renda passiva para pagar suas contas telefônicas, contas de luz, apólices de seguro e muito mais.

Essa é a filosofia da Rich Dad de expandir sua renda para viver o estilo de vida que você escolher.

​Robert Kiyosaki

Conteúdo Publicitário

“SE VOCÊ AINDA NÃO GANHOU DINHEIRO INVESTINDO… NÃO É SUA CULPA!”

A verdade é que enquanto você fica brigando com o sobe e desce dos mercados, os ricos escondem de você seus Segredos sobre Geração de Riqueza. 

Mas um desses milionários resolveu romper o código de silêncio e contar tudo!

Robert Kiyosaki, o autor do best-seller Pai Rico, Pai Pobre, vai revelar para o Brasil 16 Segredos dos Milionários.

São segredos que os ricos adoram… mas os pobres e a classe média desconhecem completamente! 

>>>> Pegue Aqui Seu Acesso <<<<