fbpx

Por que os políticos não salvarão você

  • Não importa o que os próximos quatro anos tragam, você pode controlar isto…
  • Por que acredito que nossa situação política tornará a vida mais cara…
  • A única maneira de pagar pelos custos futuros da previdência social e do Medicare…

Caro leitor,

Nancy Pelosi, porta-voz da Câmara dos Deputados dos EUA, convidou o Presidente Trump a fazer o discurso do Estado da União antes de uma sessão conjunta do congresso logo no começo desse ano, na câmara.

Este seria o segundo discurso oficial do Estado da União do presidente, além de um discurso em uma sessão conjunta do congresso após a sua posse em 2017. O discurso deste ano foi o primeiro a uma câmara dominada pelos democratas.

Tradicionalmente, o discurso do presidente inclui perspectivas positivas em projetos de infraestrutura, educação e orçamento da nação, bem como se concentra firmemente na economia.

Desemprego

A taxa de desemprego nos EUA aumentou para 3,9%, ante uma baixa de quase 49 anos de 3,7% em novembro de 2018. O número de pessoas desempregadas aumentou de 276.000 para 6,3 milhões.

O número de pessoas empregadas em regime de um turno por razões econômicas (às vezes chamadas de mão-de-obra em regime parcial involuntária), de 4,7 milhões, mudou pouco em dezembro, mas diminuiu 329.000 ao longo do ano. Esses indivíduos, que preferiam um emprego em período integral, trabalhavam apenas um turno porque suas horas haviam sido reduzidas ou eram incapazes de encontrar empregos em período integral.

De acordo com Whitehouse.gov:

“A economia voltou à vida com o presidente Trump. Por meio de reduções de impostos e reformas necessárias, o governo trará empregos de volta ao nosso país. O presidente está ajudando os trabalhadores dos EUA expandindo os programas de aprendizagem, reformando os programas de treinamento no trabalho e reunindo empresas e educadores para garantir instrução de sala de aula de alta qualidade e treinamento no trabalho”.

Infelizmente, mesmo com mais americanos procurando emprego, quase metade dos desempregados por muito tempo tem mais de 45 anos de idade, uma desvantagem significativa para encontrar um novo emprego e ver suas economias esgotadas.

Um relatório de maio do ano passado do Federal Reserve constatou que:

  • 40% dos norte-americanos ainda não podem gastar US$ 400 em despesas de emergência.
  • 25% não possuem aposentadoria ou previdência.

Passivos não capitalizados

Mais de 70 milhões de baby boomers se preparam para se aposentar, os EUA enfrentará uma crise significativa de aposentadoria.

Os passivos não capitalizados da previdência social e do Medicare são estimados em mais de US$ 50 trilhões. A única maneira de pagar por esses custos futuros será imprimindo dinheiro ou aumentando impostos — ou ambos.

Inflação

A taxa de inflação para 2019 será a mesma de 2018, 2,3%. Fatores que elevam os preços mais rapidamente incluem tarifas e mão-de-obra.

Em um esforço para convencer as pessoas de que a inflação é na verdade boa, o governo tem um constante circo da mídia promovendo os benefícios da inflação.

O argumento principal consiste nos efeitos “estimulantes” da inflação. Isso faz as pessoas se sentirem mais ricas até perceberem que seu dólar agora compra menos. Esse sentimento faz com que elas gastem em excesso — comprando coisas que normalmente não comprariam.

Isso significa que, como os EUA continuam imprimindo dinheiro, todos se sentem ricos, mas os resultados são apenas uma dor de cabeça monetária.

Educação financeira

Finalmente, apesar de seus apelos por competitividade e necessidade de investir em educação, duvido que ouviremos Trump pedindo a necessidade de uma educação financeira abrangente.

De acordo com o mesmo relatório do Federal Reserve que mencionei acima:

  • Menos de 60% pode responder corretamente a pelo menos três perguntas básicas sobre alfabetização financeira.
  • Cerca de 25% dos mutuários que frequentaram uma faculdade com fins lucrativos estão com o pagamento de empréstimos estudantis atrasado.

Nossa situação política tornará a vida mais cara. Os fundamentos subjacentes não são bons e levarão a impostos e inflação mais altos — forças consumidoras de patrimônio que devastam os analfabetos financeiros, mas podem beneficiar os financeiramente inteligentes.

Por exemplo, uma pessoa financeiramente inteligente entende que os impostos e a inflação crescerão nos próximos anos e começará a investir em áreas que se protegem contra a inflação e oferecem vantagens fiscais significativas. Uma pessoa sem inteligência financeira tentará encontrar um bom emprego que pague bem e economizará dinheiro em um banco.

O problema dessa estratégia é que os funcionários pagam mais impostos. Quanto mais dinheiro eles ganham, mais eles pagam impostos. E a inflação é superior à taxa de juros da poupança. Então, você de fato perde dinheiro se economizar. Como já disse há muito tempo, poupadores são perdedores.

É minha convicção que os países que prosperarem no futuro serão aqueles que educarão adequadamente seu povo sobre dinheiro e investimentos. Se os EUA desejam ser competitivos, devem ensinar seus filhos a serem financeiramente inteligentes e a deixar de viver de acordo com as velhas regras financeiras.

Duvido que isso aconteça tão cedo. Portanto, cabe a você educar a si e à sua família. Ao fazer isso, você garantirá que você e sua família prosperarão, independentemente do estado da união.

Com notícias econômicas boas ou ruins, são sempre os financeiramente inteligentes que se saem bem, porque os financeiramente inteligentes entendem que as notícias não são boas nem más, são simplesmente informações para serem usadas — e para lucrar.

Os políticos não salvarão você

Seis anos atrás, na noite da segunda eleição do presidente Obama, escrevi estas palavras:

Eu já disse isso antes, os políticos não podem salvar você. Só você pode.

Em vez de culpar os outros pela situação em que sua vida está, hoje convido você a olhar para dentro de si e ver onde pode fazer mudanças pessoalmente, o que levará a mudanças no campo financeiro. Na verdade, eu diria que seria uma maneira muito melhor de passar a noite das eleições do que assistir — e se preocupar — à medida que os resultados chegarem.

Essas são as palavras que eu ainda defendo. A cada ciclo, as pessoas pensam que os políticos finalmente resolverão seus problemas. Eles nunca irão. Enquanto isso, as coisas continuam a piorar para muitos em nosso país e no mundo quando se trata de dinheiro.

Basicamente, esse é um problema de finanças pessoais no sentido mais verdadeiro das palavras. Você tem que cuidar pessoalmente de suas finanças. Isso começa com a educação financeira e a colocação de novos conhecimentos em prática.

Tenho testemunhado e realmente acredito que quando as pessoas assumem o controle de seu próprio futuro financeiro e educação, elas podem prosperar, não importa se os tempos são bons ou ruins. De fato, a marca da verdadeira inteligência financeira é ter sucesso nos tempos difíceis.

Não importa o que os próximos quatro anos tragam, você pode controlar isso: sua mentalidade e seu dinheiro. Comece hoje.

Grande abraço,

Robert Kiyosaki


Conteúdo Publicitário

Coleção de Vídeos GRÁTIS… 

O autor do Best-seller Pai Rico, Pai Pobre preparou um presente para você!

A Masterclass Segredos dos Milionários

Essa série de vídeos contém os 16 Segredos sobre dinheiro que Robert Kiyosaki está trazendo para você usar no mercado brasileiro.

Você só precisa de alguns desses segredos para ter a chance de fazer uma renda extra mensal sem trabalhar uma hora a mais por dia…

Pegue Aqui Seu Acesso à Masterclass Os Segredos dos Milionários