fbpx

4 Dicas para Você Começar um Negócio

Robert Kiyosaki

 

Caro leitor,

Eu já falei com você sobre ideias de produto e como criar um. Hoje, eu vou discutir várias ideias e dicas de pequenos negócios.

Muito tempo atrás, eu tinha 9 anos e estava trabalhando com o meu amigo Mike em um dos negócios do pai dele. Um dia, me despedi da gerente, a Sra. Martin, e estava olhando longamente para a banca de gibis. Mas, na ocasião, eu não tinha dinheiro para comprar nenhum.

Nesse dia em específico, quando eu e Mike nos despedimos da Sra. Martin, eu a vi fazer algo que nunca tinha visto antes. Ela estava rasgando ao meio a capa de um gibi. Ela manteve a parte superior e jogou a outra metade em uma grande caixa de papelão.

Quando perguntei a ela o que tinha feito, ela disse: “Eu os jogo fora. Eu dou a parte superior da capa do gibi de volta para o distribuidor para crédito quando ele traz novos gibis. Ele chega em uma hora.”

Eu e Mike esperamos uma hora. Logo o distribuidor chegou e eu lhe perguntei se poderia ficar com os gibis. Para minha felicidade, ele disse: “Você pode ficar com eles se trabalha nesta loja e se não os revender.”

Usando um espaço livre no porão da casa do Mike, começamos a colecionar centenas de gibis. Em poucas semanas, tínhamos uma quantidade suficiente para abrir a nossa própria banca de gibis ou algo do tipo.

Eu e Mike começamos uma biblioteca de histórias em quadrinhos no porão da casa dele. E cobrávamos US$ 0,10 de cada criança para poder vir ler quantos gibis quisesse. Depois de um tempo, estávamos ganhando US$ 9,40 por semana, o que era muito mais do que os US$ 0,30 que ganhávamos na loja.

Ninguém pode aprender a andar de bicicleta sem uma bicicleta. E ninguém pode aprender a começar um negócio, fazê-lo crescer e geri-lo, sem ter um negócio. Uma vez que você estiver familiarizado com as diferentes partes do quadrante D-I, pare de planejar e comece a executar.

Aqui estão ideias para você começar uma pequena empresa:

Transforme a Sua Paixão em um Negócio

A paixão é algo que te faz sair da cama todas as manhãs e que te faz seguir adiante mesmo quando enfrenta contratempos e dúvidas. Quando o dia acaba, é o que te impede de desistir e retomar o caminho “seguro” de ter um emprego em outro lugar.

É por isso que quando as pessoas querem começar o seu próprio negócio elas imediatamente vão para algo pelo qual são apaixonadas. Na maioria das vezes, o mais natural é se voltarem para seus hobbies.

Você faz os mais bonitos arranjos com flores colhidas no seu próprio jardim?

Você com frequência recebe elogios sobre os acessórios que usa — você sabe, aquelas peças que inventa reciclando materiais?

Você atrai gente para o blog que criou para falar das suas viagens?

As pessoas sempre querem deixar seus animais de estimação com você quando viajam porque você tem um jeitinho especial com os bichinhos?

As pessoas disputam o seu bolo de chocolate e sempre pedem para você levá-lo quando há uma festa ou piquenique?

Anote as coisas nas quais se destaca (ou, caso seja modesto demais, as coisas que os outros admiram em você) — são elas as suas oportunidades de ganhar dinheiro. Por que? Obviamente, essas são coisas que você já gosta (afinal você as faz de graça) e que executa com excelência. Como pode transformar essas paixões em um negócio rentável? Você pode abrir uma pequena floricultura no seu bairro ou oferecer aulas de arranjos florais. Pode usar a Etsy, loja virtual voltada para peças de design, para vender as bijuterias que cria ou deixá-las em consignação em boutiques da região onde mora. Oferecer matérias sobre suas viagens para publicações de turismo ou ir atrás de anunciantes e patrocinadores para o seu blog. Criar um “pet-sitting” na sua casa ou começar a vender seu bolo de chocolate em algum café na vizinhança.

Transforme Sua Habilidade em Empreendedorismo

Talvez você tenha desenvolvido alguma habilidade enquanto estava em casa cuidando dos seus filhos ou trabalhando que possa ser usada para criar um novo negócio. Talvez tenha uma aptidão especial com números e esteja ajudando todo mês na contabilidade da empresa de um amigo. Ou auxilie seu filho nas tarefas escolares e queira passar a dar aulas de reforço. Agora é o momento de transformar essa habilidade comprovada em seu próprio empreendimento.

Pense em oferecer orientação contábil por algum meio virtual. Ou a ensinar um tema específico a estudantes, ajudá-los a se preparar para o vestibular. Claro, dependendo da área em que for empreender, talvez precise fazer alguns cursos ou ler alguns livros. Ou obter certa certificação. Mas esse é um investimento pequeno para a próxima fase da sua vida.

Invente um Produto para Resolver Problemas de Pais

Ninguém melhor que pais para saber das dificuldades e atribulações que envolvem a criação dos filhos — e depois de todos esses anos de experiência prática, você sempre imaginou porque ninguém nunca inventou X para resolver o problema Y. Bem, talvez porque você seja o único que teve essa ideia! Ou seja o único que descobriu um jeito de realmente inventar isso e lucrar com isso. Então coloque o seu chapéu de inventor e vá à luta.

Como você acha que foram concebidas as ideias das canecas em forma de mamadeira e das câmeras para monitoramento de babás escondidas em um ursinho? Ok, eu não tenho certeza quem foi que inventou essas coisas, mas a título de ilustração, suponho que tenham sido pais ou mães frustrados que canalizaram suas energias para resolver um problema que estavam vivendo em casa. Se vocês têm uma grande ideia e precisam de algum capital para começar, não se inibam em usar crowfunding, as plataformas de “vaquinha” virtual.

Torne-se um Locador na sua Própria Casa

Talvez você nunca tenha pensado em usar investimento em imóveis para criar uma renda fixa que vai ajudar você a atingir o seu objetivo de liberdade financeira. Você pode sempre iniciar o processo em uma escala muito pequena, alugando por exemplo um quarto que está livre na sua casa. Pode fazer isso pelo Airbnb — é uma ótima forma de obter uma renda extra (e talvez uma companhia muito necessária) sem ter as outras responsabilidades associadas com possuir uma propriedade alugada.

Sinta-se livre para pensar fora da caixa aqui também — por exemplo, se tem uma vaga de garagem extra, muita gente pode estar interessada em pagar para usá-la. Encontre formas criativas de utilizar os ativos que já possui para transformá-los em algo rentável.

Porque há informações demais ao alcance das nossas mãos, nossas mentes, especialmente as mentes das pessoas jovens, estão condicionadas a passar de um estímulo para o outro. É raro hoje em dia focar em uma coisa por um longo período de tempo.

Se você quer ser um empreendedor bem-sucedido, porém, tem que aprender F.O.C.U.S., “Following One Course of Action Until Successful”, o que em uma tradução livre para o português significa “Seguir um Curso de Ação Até Ser Bem-Sucedido”.

Isso exige tempo e esforço.

Muitas pessoas que desejam ser empreendedores buscam enriquecer rapidamente. Então, quando um empreendimento não decola, passam para o próximo. O problema é que elas nunca são bem-sucedidas porque nunca dedicam o tempo e o esforço necessários para isso. Ninguém nasce empreendedor. Você se torna um empreendedor ao longo de muitos anos de aprendizado e de trabalho duro.

Muitos empreendedores levam anos para dominar um setor de negócios ou uma classe de ativos. Isso exige a dedicação de estudar duro, investir em educação financeira, cultivar relacionamentos e aprender com seus próprios erros. E, ao longo desses anos, você se depara com dias de longa jornada, dedicando muitas horas de trabalho para ganhar pouco.

​Robert Kiyosaki

Conteúdo Publicitário

Robert Kiyosaki vai te ensinar a gerar Renda Passiva TODA SEMANA

A Semana do Pai Rico, Pai Pobre é um evento 100% online que vai te ensinar a gerar Renda Passiva todos os dias.

Graças às estratégias de geração de Renda Passiva que Robert Kyiosaki ensina, você pode fazer até R$525 em apenas 3 minutos

Reserve Agora sua Vaga e Comece a Gerar Renda Passiva TODA SEMANA