fbpx

Uma simples ferramenta para criar um negócio de sucesso

Robert Kiyosaki

Caro Leitor

Para criar um negócio de sucesso, você precisa entender o Triângulo D-I (Dono-Investidor).

Ele representa uma empresa que é gerenciada solidamente, não apenas em algumas, mas em todas as áreas, da gestão do fluxo de caixa à gestão dos produtos.

Essa é a empresa que atrairá dinheiro — pois, no mundo do “business capital”, o dinheiro segue a gestão.

Se você é dono de uma empresa, quais medidas pode tomar para criar um ativo comercial que atraia dinheiro? A discussão a seguir pressupõe que você seja um aspirante a empresário, mas as dicas são igualmente úteis para interessados em se tornar investidores…

Fora do Triângulo D-I

Para criar um negócio de sucesso, você deve primeiro estabelecer sua estrutura:

  • Missão
  • Equipe
  • Liderança

Missão 

Comece fazendo a você mesmo esta pergunta: A minha missão está em primeiro lugar, acima de qualquer pensamento de lucro, e estou disposto a dar tudo de mim para manter a empresa crescendo? Se a resposta for um “sim” retumbante, você está pronto para montar a sua equipe.

Equipe 

Ao montar a sua equipe, procure pessoas com experiência e que você possa analisar o histórico. E esteja disposto a pagar por especialistas externos que possam fazer a diferença entre sucesso e fracasso. Se você não tiver dinheiro para pagar adiantado por esses especialistas, considere a possibilidade de convidá-los para serem membros de um conselho consultivo, combinando que quando for levantado capital suficiente, eles se juntarão à empresa. Outro ponto: não elabore um plano de negócios que inclua uma folha de pagamento muito pesada. Nada afasta os investidores tão rápido do que um negócio cujos donos pretendem levantar recursos para pagar a si próprios altos salários. Os investidores querem ver os seus olhos ardendo de paixão e comprometimento — não com cifrões.

Liderança

Ao montar sua equipe, você também deve se esforçar para melhorar seu estilo de liderança. Uma das melhores formas de fazer isso é se voluntariar mais. Seja na sua igreja ou no seu trabalho, se voluntarie para liderar projetos. Em uma organização típica, é difícil encontrar pessoas que de fato queiram liderar. A maioria se esconde num canto, esperando que ninguém as chame. Levante a mão. Embora isso não vá te transformar instantaneamente em um grande líder, vai te proporcionar “feedbacks” sobre o seu estilo de liderança. E se você for maduro o suficiente para aprimorar suas habilidades de liderança com isso, você se transformará em um grande líder.

Dentro do Triângulo D-I 

Com a estrutura — missão, equipe e liderança — montada, você estará bem posicionado para criar um negócio sólido. Agora é hora de abordar cinco camadas no interior do Triângulo D-I.

  1. Fluxo de Caixa
  2. Comunicação
  3. Sistemas
  4. Legislação 
  5. Produto

Cada uma delas é muito importante e dependente das outras. Um negócio bem-sucedido deve ter todas as cinco áreas funcionando bem conjuntamente. Assim como uma interrupção no sistema de abastecimento de combustível pode derrubar um avião, o mal funcionamento em uma das camadas do Triângulo D-I pode fazer com que uma empresa saia dos trilhos mesmo nos seus melhores momentos.

Fluxo de Caixa

Um fluxo de caixa positivo é essencial para o crescimento de uma empresa. Você pode aventurar-se no mundo do fluxo de caixa jogando o jogo de tabuleiro Cashflow. Isso te ensinará a diferença entre o fluxo de caixa real e o fluxo de caixa fantasma. Quando criar a sua empresa, lembre-se que o gerenciamento do fluxo de caixa começa já no primeiro dia, tenha você um negócio virtual, um imóvel alugado ou uma barraca de cachorro-quente. A atenção aos detalhes nos estágios iniciais pavimentará o seu caminho para o sucesso.

Comunicação

Como regra geral, você deve participar de pelo menos um seminário de comunicação por ano em qualquer uma das seguintes áreas: vendas, marketing, captação de recursos, anúncios e copywriting, técnicas para falar em público e negociações. Já que levantar capital é fundamental para o nascimento de um negócio, o empreendedor aspirante deve dar total prioridade à comunicação eficaz com investidores em potencial.

O marketing é uma parte contínua de todo negócio de sucesso. Se você parar de fazer ações marketing, geralmente no prazo de seis semanas você verá o impacto refletido em queda das vendas. Se você precisa impulsionar as vendas, use a sua base de dados para se comunicar. Sua lista de clientes deve ser um dos ativos mais importantes da sua empresa.

Ainda mais básica que a linguagem do marketing, no entanto, é a linguagem das vendas. Vendas é quando você faz o contato individualmente, ao contrário do que ocorre com ações de marketing, que são realizadas através de um sistema. Goste ou não, o coração do negócio está nas vendas. E a pessoa que se recusa em aprender esse idioma provavelmente não conseguirá se posicionar no quadrante D. O medo da rejeição é o que leva as pessoas evitarem as vendas.

O medo, no entanto, pode ser superado com treinamento e experiência. Ao observar como as pessoas reagem e prestar atenção às lições, você vai gradualmente desenvolver a resistência necessária para lidar com os nãos e criar um estilo de discurso que é essencial para sobreviver no quadrante D.

Sistemas

Um bom homem/mulher de negócios supervisiona todos os sistemas simultaneamente e identifica pontos fracos antes que eles se transformem em falhas do sistema. Não subestime a magnitude desse trabalho, que abrange aspectos da sua empresa tão diversos quanto desenvolvimento de produtos, contabilidade, processamento de pedidos, recursos humanos e sistemas de computador. A supervisão geral é especialmente importante quando a sua empresa está crescendo rapidamente, porque você quer garantir que, à medida que as vendas aumentem, sua capacidade de entrega também cresça. A cada novo nível de crescimento, comece a planejar os sistemas necessários para suportar o próximo nível de crescimento, de linhas telefônicas a linhas de crédito.

Legislação

O melhor “plano de seguro” para a sua empresa é admitir o que você não sabe e encontrar um especialista para ajudá-lo. Você deve consultar um advogado sobre qualquer aspecto legal da gestão do seu negócio. No entanto, se o seu caixa estiver apertado, procure um advogado que esteja disposto a lhe conceder uma ou duas horas do seu tempo e chegue à reunião com a sua lista de perguntas cuidadosamente elaborada. Ou você pode tentar convencer um advogado a fazer parte de um conselho consultivo… nesse caso, você teria muita sorte.

Produto

Seu produto ou serviço fica no topo do triângulo D-I porque é a expressão de sua missão. Todas as camadas abaixo dão suporte ao sucesso do seu produto no longo prazo e, portanto, da sua empresa e da sua missão. Tenha cuidado ao conversar com os investidores para não enfatizar demais a importância do seu produto. Investidores experientes sabem que o produto é o aspecto menos importante de um negócio. Se a estrutura do triângulo e os níveis mais baixos de gestão não forem sólidos, não importa o quão maravilhoso for o produto, ele não terá sucesso.

Acima de tudo, gerenciar seu produto ou serviço significa desenvolvê-lo. Se você estiver vendendo um produto, o desenvolvimento implica a supervisão do método e do processo de fabricação, bem como dos mecanismos de preços e licitações. Uma das tarefas mais importantes de desenvolvimento de produtos é criar uma atmosfera na qual as idéias criativas borbulhem para a superfície, dando origem a um produto novo ou aprimorado.

Abraço,

​Robert Kiyosaki

Conteúdo Publicitário