fbpx

Você está cometendo esses erros nos seus investimentos?

Robert Kiyosaki

Caro Leitor,

Quando eu estava na escola, lembro que um professor disse: “Isaac Newton descobriu a lei da gravidade ao sentar sob uma macieira. Quando uma maçã caiu na sua cabeça, ele se deu conta de que as maçãs sempre caem em direção à terra. Maçãs nunca voam em direção ao céu.”

Quando o mercado de ações dispara, muitas pessoas parecem na verdade acreditar que a Mãe Natureza revogou a Lei da Gravidade. Sempre que ouço dizerem: “Esta é a nova economia”, eles poderiam também estar dizendo “Maçãs não caem mais das árvores”.

Com frequência, meu pai rico dizia: “Eu não sei se a história se repete, mas sei que novos investidores, geração após geração, sempre repetem os mesmos erros”. E esses são dois erros comuns que eles cometem:

  1. Deixam seu dinheiro parado por muito tempo.
  2. Quando os mercados aquecem, muitos deixam a ganância crescer e esquecem as leis da natureza.

Ambos os erros custam caro.

Quem perde dinheiro

Milhões de pessoas perderam trilhões de dólares porque violaram as leis da natureza. Uma das principais leis ou princípios que elas violaram é a Lei de Newton: para cada ação, há uma reação igual em direção oposta. Em termos simples, a lei da gravidade afirma que o que sobe uma hora desce.

Ao deixar o seu dinheiro parado por um longo prazo e investir em veículos como fundos de previdência privada, que não permitem que você saia, a menos que aceite severas penalidades, investidores médios estão se colocando em uma situação de perda por violar as leis da natureza.

Investidores profissionais, por outro lado, sabem como respeitar as leis da natureza. Quando os investidores vão contra as leis da natureza, o que vários fazem, a natureza vence. É por isso que investidores profissionais não seguem conselhos financeiros ou o que dizem as pessoas da área de vendas de instituições financeiras. Em vez disso, seguem as leis da natureza, o que significa que eles prestam atenção às tendências.

Observar tendências

A velocidade da movimentação do dinheiro é algo importante e um dos principais motivos disso é o fato de que as tendências mudam constantemente. Em vez de diversificar os investimentos dentro de uma mesma classe de ativos, como ativos em papel, meu pai rico encorajou o seu filho e a mim a aprender a movimentar nosso dinheiro entrando e saindo de diferentes classes de ativos. Se eu puder obter um retorno maior no meu negócio, meu dinheiro é transferido pra lá.

E sempre com foco na geração de renda passiva.

Se aparecerem oportunidades no mercado imobiliário, eu estarei nesse mercado. Se eu tiver dinheiro extra para ser temporariamente investido, ele vai para ativos de papel como fundos de hedge, títulos isentos de imposto que paguem pelo menos 7%. Eu raramente deixo meu dinheiro parado no banco, especialmente nos níveis das taxas de juros atuais. Dinheiro parado com taxa de juros baixa significa prejuízo garantido porque seu valor está sendo roubado pelos impostos e pela inflação. Além disso, também é dinheiro que não está trabalhando duro, o que quer dizer que eu tenho que trabalhar mais duro.

Como já disse anteriormente, eu tendo a ser um investidor, o que significa que coloco o meu dinheiro para adquirir o ativo e então faço resgates enquanto ainda possuo esse ativo. Um trader, por definição, compra e vende um ativo por dinheiro. Na maioria dos casos, eu simplesmente movimento o meu dinheiro.

Eu sei que a maioria dos investidores diz que essa é uma estratégia arriscada. Mais deixem-me explicar o porquê não acho que é, desde que você tenha experiência e educação financeira para investir em todas as diferentes classes de ativos. 

Um dos motivos do porquê investir em diferentes classes de ativos é menos arriscado do que investir em um plano geral de aposentadoria é que eu posso resgatar o meu dinheiro imediatamente, se necessário, em vez de deixá-lo preso. Isso significa que, se o mercado enfrentar uma crise, ou se eu tiver cometido um grande erro, o ativo pode ter sido impactado, mas eu posso transferir meus recursos.

O objetivo é adquirir ativos e manter o dinheiro em movimento.

O quão rápido o seu dinheiro está sendo movimentado?

Em 1996, quando o ouro custava cerca de US$ 280 a onça (28,35 gramas) e o dólar estava valorizado, eu passei a negociar dólares por moedas de ouro. Quando a cotação do ouro atingiu US$ 380 a onça, em 2003, eu vendi algumas moedas com o objetivo de recuperar meu dinheiro de volta, mas ainda manter um número significativo de moedas de ouro. Se o ouro não subisse de valor, meu dinheiro ainda estaria seguro em um ativo tangível porque comprei as moedas em um momento em que o preço do ouro estava baixo e a cotação do dólar, alta. Quando a tendência mudou, e o preço do ouro subiu e a cotação do dólar caiu, os dólares e as moedas de ouro inverteram de posição.

Diversificação x Tendências

Recentemente, vi um anúncio na TV que dizia: “A estratégia número um para os investidores é diversificar”. Isso pode ser verdade para investidores amadores, mas não para investidores profissionais. Para mim, diversificação é apenas parte do discurso de vendas para fisgar o investidor médio e fazer com que ele compre mais ações e fundos mútuos. Seria o mesmo que ir a uma agência de carros usados e perguntar: “E se o carro que eu comprar apresentar defeito daqui a algum tempo?”. E naturalmente o vendedor da agência diria: “Eu recomendo que você diversifique. Compre seis carros em vez de um. Dessa forma, se um dos carros pifar, você ainda chegará na hora no seu trabalho.”

Mas se a diversificação não é a regra número um dos investidores, qual seria?

Tendências. Porque elas são o movimento das leis da natureza no mercado. Investidores profissionais geralmente dizem: “A tendência é sua amiga”. Meu pai rico diria: “Tendências podem ser amigas ou inimigas”. 

Entre 1980 e 2000, a tendência no mercado acionário era de alta. Era fácil fazer dinheiro. Você apenas colocava seus recursos no mercado e, como mágica, o valor do ativo subia. Mas, de repente, em maio de 2000, a tendência mudou de direção e os investidores que não mudaram junto com a tendência perderam trilhões de dólares, mesmo os que tinham diversificações entre os ativos de papel.

Hoje, é mais importante do que nunca observar tendências e não violar as leis da natureza.

Abraço,

​Robert Kiyosaki

Conteúdo Publicitário