Você será substituído por um robô?

  • Por que mais do que nunca, um funcionário está na posição menos segura que poderia estar…
  • Acredito que o melhor caminho para um empregado seguir é desenvolver… 
  • A verdade sobre inteligência artificial no atual mundo dos negócios…

Caro leitor,

Quando eu era criança, meu pai pobre disse: “Vá para escola e tire boas notas para ter a segurança de um trabalho estável no futuro”. Ele estava me programando para estar no quadrante E (Empregado) dos quadrantes CASHFLOW®.

Minha mãe sempre disse: “Se você quiser ser rico, deveria tornar-se um médico ou advogado. Assim, sempre terá uma profissão para se apoiar”. Ela estava me programando para o quadrante A (autônomo).

Meu pai rico disse: “Se você quiser ser rico, precisa ter o seu próprio negócio”. O Pai rico recomendou que eu aprendesse a ser um empresário e investidor nos quadrantes D (grandes negócios) e I (investidor).

Atualmente, eu alteraria a fala do meu pai rico para: “Se você quiser ganhar a vida, precisa ter o seu próprio negócio”.

Um grande alvoroço nos empregos

Provavelmente, você já ouviu falar muito sobre inteligência artificial e robôs. A internet fez um grande alvoroço sobre o robô Boston Dynamics, que aprendeu a abrir a porta sozinho.

Na revista MIT Technology Review, o empresário Kai-Fu Lee escreveu sobre o rápido crescimento da indústria de IA na China e qual impacto causaria no mundo. Ele escreveu:

O crescimento da China como uma superpotência da IA não é só importante para o país. A competição entre os EUA e a China deflagrou intensos avanços na IA impossíveis de serem contidos. A mudança será massiva, porém, não de todo boa. A desigualdade aumentará. Como o meu motorista da Uber em Cambridge já percebeu, IA irá retirar muitos empregos, gerando uma insatisfação social. Considere o avanço do software AlphaGo da Google DeepMind, o qual venceu os melhores jogadores humanos do jogo de tabuleiros Go no início de 2016. Foi logo superado pelo AlphaGo Zero, apresentado em 2017, que aprendeu jogando contra si mesmo e em 40 dias superou todas as versões anteriores. Agora, imagine essas melhorias atuando em áreas como serviço de atendimento ao cliente, telemarketing, linha de montagem, recepção, direção de caminhões e outras como funcionários de escritório, operários – trabalhos em geral. Obviamente que muito em breve muitas de nossas tarefas poderão ser mais bem executadas e quase a custo zero pelos robôs e IA. Esta será a transição mais rápida já vivenciada pela humanidade, e não estamos preparados para isso.

A Sinovation Ventures de Lee ajuda a fundamentar empresas na indústria de IA e robótica, com mais de $1 bilhão de fundos em investimentos. Ele sabe do que está falando. E mais, o artigo foi publicado pela MIT, uma universidade conhecida como líder nesse assunto.

Lee está dizendo o que a maioria dos magnatas da tecnologia não diriam — sua indústria irá eliminar metade de todos os empregos existentes.

Hoje em dia, mais do que nunca, um funcionário está na posição menos segura para se estar financeiramente. Exatamente, devido ao avanço da automatização e IA. No entanto, a maioria dos funcionários não têm a menor ideia de que seus empregos correm perigo.

Muitos especialistas estão comparando a próxima onda de robôs à Revolução Industrial… A maioria das pessoas preferem não se concentrar neste fato desagradável. E se eu fosse um apostador, apostaria que a maioria dos empregados, se fossem questionados, diriam não acreditar que os robôs conseguiriam substituí-los.

No entanto, estariam errados. De acordo com um artigo da Wired, “Uma pesquisa da Universidade de Oxford estimou que 47 por cento dos empregos nos EUA poderiam ser automatizados nas próximas duas décadas”.

A pergunta é: o que você vai fazer a respeito?

O empreendedor imperativo

Acredito que o melhor caminho para um empregado seguir é desenvolver suas habilidades empreendedoras. Melhor do que perder o emprego para uma automatização e IA, é melhor ter sua própria empresa e poder controlar como essas tecnologias serão empregadas, ou melhor ainda, ter uma empresa geradora dessas tecnologias e aplicá-las em seu campo de atuação.

Por exemplo, um procurador poderia começar uma empresa que automatiza as pesquisas e informações legais. Um motorista de caminhão poderia encontrar um lugar para construir uma empresa na indústria da condução automotiva autônoma.

Independentemente do setor em que você trabalha atualmente, a questão é: que você encontre onde a automatização e IA poderiam atuar, e construir um negócio em torno disso.

Ou, em contrapartida, tente construir um negócio em um setor cuja aplicação da automatização ou IA são muito difíceis; mas, um lugar no qual isso lhe daria uma vantagem competitiva, por exemplo: investimentos imobiliários.

A Verdadeira Mudança é Difícil

Caso concorde que a melhor forma de sobreviver e prosperar no futuro é deixar de ser um empregado e tornar-se um empreendedor, precisa entender que a mudança será difícil. Mas que também valerá a pena.

Muitas pessoas pensam que podem dar um salto rápido. A verdade é que você não consegue deixar de ser um empregado (E) ou autônomo (A) e tornar-se um grande empreendedor (D) ou investidor (I) da noite para o dia.

Caso realmente queira isso; precisará se comprometer. A seguir, três motivos para o comprometimento:

Motivo #1: Leva tempo

Levou anos para a Starbucks ser construída. Levou anos para a McDonald’s ser construída. Levou anos para a Sony tornar-se uma gigante do entretenimento. Em outras palavras, leva anos para construir grandes empresas e grandes líderes de negócios.

A maioria das pessoas não pensam em anos.

Pensam em uma gratificação imediata e tornarem-se ricas rapidamente. E, é por essa razão que existem tão poucas pessoas no quadrante D. Muitos querem dinheiro, mas não estão dispostos a investir tempo nisso.

Motivo #2: Precisa desaprender para aprender novamente

Tem um ditado que diz: “Não dá pra ensinar truques novos para um cachorro velho”. Ainda bem que somos humanos e não cachorros. No entanto, há alguma verdade na ideia de quanto mais velhos ficamos, mais difícil é desaprender coisas que levamos anos para aprender.

Um dos motivos pelos quais a maioria das pessoas se sentem mais confortáveis nos quadrantes E e A é por se sentirem seguras. Afinal de contas, elas levaram anos para chegarem lá. Então, muitos retrocedem devido ao conforto encontrado lá, ainda que isso não seja bom no final.

Dedique tempo para fazer ambos, tanto desaprender quanto aprender. Para muitos, a pior parte de sair do lado esquerdo do quadrante para o lado direito, é desaprender o ponto de vista dos quadrantes E e A. Penso que, uma vez que você tiver conseguido desaprender o que aprendeu, a mudança será mais fácil e rápida.

Motivo #3: Isto é uma transformação, não apenas uma mudança

Todas as lagartas fazem um casulo antes de se transformarem em borboletas. A escola de aviação foi o meu casulo.

Entrei para escola de aviação como um colegial graduado, e saí como um piloto pronto para ir ao Vietnã. Levou, aproximadamente, 2 anos para concluir a escola básica de voo na Flórida. Recebi minhas asas, o que significava que tinha me tornado um piloto; e fui transferido para o treino de voo avançado em Camp Pendleton, Califórnia.

Cerca de 8 meses no programa em Camp Pendleton, algo mudou dentro de mim. Durante um treino de voo, eu, finalmente, tornei-me um piloto pronto para ir à guerra. Até aquele momento, eu estava voando mental, emocional e fisicamente. Alguns chamam isso de “voo mecânico”.

Naquela missão de treinamento, eu mudei espiritualmente. A missão era tão intensa e assustadora que, de repente, todas as minhas dúvidas e medos foram forçados a sair, e meu espírito humano assumiu o controle.

Voar tornou-se parte de mim. Dentro da aeronave, sentia-me em paz e em casa. A aeronave era parte de mim. Estava pronto para ir ao Vietnã.

Meu processo para tornar-me um homem de negócios e investidor seguiu o mesmo caminho de quando me tornei um piloto pronto para o combate. Eu fali nos negócios duas vezes antes de, repentinamente, encontrar meu espírito… um espírito comumente denominado como “espírito empreendedor”. É esse espírito que me mantém nos lados D e I, independentemente, do quão difíceis as coisas possam parecer.

Entender esses três motivos; e, por que é tão difícil sair do empregado para empresário ou investidor, irá ajudá-lo a perseverar nos momentos difíceis.

E a perseverança será importante em um mundo cada vez mais dominado por máquinas, que nunca se cansam ou desistem.

​Robert Kiyosaki

Conteúdo Publicitário

“SE VOCÊ AINDA NÃO GANHOU DINHEIRO INVESTINDO… NÃO É SUA CULPA!”

A verdade é que enquanto você fica brigando com o sobe e desce dos mercados, os ricos escondem de você seus Segredos sobre Geração de Riqueza. 

Mas um desses milionários resolveu romper o código de silêncio e contar tudo!

Robert Kiyosaki, o autor do best-seller Pai Rico, Pai Pobre, vai revelar para o Brasil 16 Segredos dos Milionários.

São segredos que os ricos adoram… mas os pobres e a classe média desconhecem completamente! 

>>>> Pegue Aqui Seu Acesso <<<<